Nascido por uma questão de necessidade ;)

Doce-ou-Travessura encravou nos comentários, até ele se recompôr e em vez de utilizar a cozinha, vou andando por aqui e, depois, logo se vê :)

terça-feira, 31 de maio de 2011

Vai em franciú que não doi tanto... Le mariage de rêve qui va nous donner des cauchemars ;)

PSD e CDS sobem nas sondagens, mas os portugueses só estão com medo dos... pepinos ;)

Podemos estar descansados, parece que o país é auto-suficiente em pepinos. Quanto ao "de pequenino se torce o pepino", andou muito esquecido nestes últimos 30 anos e agora... anda por aí muito pepineiro, em excesso, desejoso de pepinar o resto. Estes são os mais perigosos, não se limitam a picar ou debicar... vai ser uma autêntica pepineira... neste caso, e para que não haver dúvidas, sinónimo de patuscada ;)

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Abençoados sejam, alguns, jornalistas que, durante a Campanha Eleitoral ... nos fazem rir ;)

Um post do Cronicas do Rochedo chamou a atenção para o suplemento do DN e JN que saiu no sábado, onde foi publicado um conjunto de reportagens com os líderes partidários.
A reportagem com Jerónimo de Sousa tinha o título:
"O comunista de rosto humano".

Foi automático, fiquei logo a pensar como ele imaginaria os outros ;)
Vá lá... não lhe passou pela tola, a ideia de falar no que eles comem ao almoço ;)

domingo, 29 de maio de 2011

Como este acabou de nascer... ainda não vou morder nas canelas dos políticos ;)

Ideologias e Religiões separam... Sonhos e Angústias unem... e enquanto andamos distraídos... os espertalhões vão abocanhando, vorazmente, todos os recursos do Mundo.

Haverá sempre quem tenha mais e menos, a questão estará como se obtém esse mais... se honestamente, fruto do valor pessoal ou se é através de esquemas fraudulentos, sem ética ou respeito pelos mais fracos.

Quando votamos, entregamos o poder a quem pode mudar os nossos destinos e que deveria zelar pelos bens que são de todos.
Mas esse poder que é delegado não tem limites?
Parece que não e agora vamos pagar por erros cometidos por pessoas que nunca são responsabilizadas. Isso do castigo político tem saído uma grande tanga.
Mais de três décadas de incompetência e abusos vão-nos mergulhar em dificuldades... anos a fio.
Até quando nos vão ludibriando de que não há outra maneira senão confiar nos mesmos do costume?
Não há nada que não se possa fazer melhor... apenas temos que aprender a exigir por aquilo que pagamos, perdendo o medo e arriscar... o inimaginável
.
Pelo caminho que levamos, mais cedo ou mais tarde, já não teremos mais nada a perder e aí, as piores coisas podem acontecer... quando alguém já perdeu tudo mas só se apercebe... tarde demais.