Nascido por uma questão de necessidade ;)

Doce-ou-Travessura encravou nos comentários, até ele se recompôr e em vez de utilizar a cozinha, vou andando por aqui e, depois, logo se vê :)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Em época de Eleições...

... para quem não viu, vale a pena espreitar... Aqui

4 comentários:

  1. Nunca tinha visto esse vídeo. Muito bom. Prendeu-me até ao fim. Mas agora voltemos à nossa realidade. Entre os nossos candidatos haverá alguém que tenha as mesmas dificuldades do mais comum dos portugueses. Hum! Creio que não. Cá para mim são todos gatos pançudos. Uns persas, outros siamêses, outros balineses, etc. Mas gatos rafeiros não há nenhuns. É por isso que eu não vou votar.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  2. L.O.L.

    Para além dos mortos que continuam a constar dos cadernos eleitorais... temos os LoLs que não votam... agora percebo como o país chegou aqui.
    As contas para eleger Deputados são feitas de tal maneira que já há muitos votos que não contam e que só prejudicam os Partidos mais pequenos... qualquer dia, só temos coelhos no Parlamento... depois... nem um LoL vai aguentar e o pior... é que tenho cá um feeling que, desta vez, é o ponto de não retorno... o baldito de cal.
    Não sou filiada em nenhum Partido mas sei que, para bem dos mais fracos, alguém tem que lá estar para, pelo menos, ir refilando... daqui a nada o Parlamento parece o do tempo da Ditadura, só servindo para fingir que existe Democracia.
    Não votando apenas se ajuda a ganhar os 2 Partidos mais votados... e, pelas sondagens, ajudar Coelho, Relvas, Nobre & Cª... só morta e enterrada ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
  3. Eu compreendo tudo isso. Sei que o meu ponto de vista só funcionaria com uma abstenção de 100% (ideia totalmente utópica). Quero esclarecer aqui uma coisa. Durante 6 anos vivi à margem da sociedade. Fui músico de rua durante esses 6 anos e conheci milhares de pessoas que me alargaram os horizontes. Ou talvez não. O que é certo é que essa experiência levou-me a considerar o anarquismo como o verdadeiro ideal do ser humano. Mas não passava de mais uma utopia. Para mim o ser humano nunca deveria era ter evoluído desta maneira e para que as minhas teorias fossem institucionalizadas teríamos que renascer das cinzas. Muito haveria a dizer sobre este assunto e este espaço não é o adequado para o efeito. No entanto espero que agora entendas melhor a minha posição. ;)
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. L.O.L.

    Também eu considerei muitas hipóteses, mas optei por nunca me abster porque prejudico mais do que ajudo, especialmente num tempo em que o futuro necessitará muito de uma esquerda... talvez diferente da que há presentemente mas que num futuro próximo poderá fazer muita diferença.
    Antes de Sócrates votava PS, agora BE ou PCP, enquanto não estiverem ao serviço do tal a que chamam poder económico... noutras palavras... os que gostam de comprar o trabalho... ao preço da uva mijona ;)

    Bjos

    ResponderEliminar